VIII Congresso Nacional da Psicologia

Perguntas frequentes

Compartilhe

1) O que é o CNP?

O CNP – Congresso Nacional de Psicologia é a instância máxima de deliberação do Sistema Conselhos de Psicologia. No CNP são definidas as diretrizes e ações políticas que devem ser priorizadas para o triênio subseqüente, ou seja, para a próxima gestão dos Conselhos Regionais e Federal.

O CNP não é um congresso científico-acadêmico, mas espaço de discussão e transformação do funcionamento e das ações dos Conselhos de Psicologia. É um processo amplo de debates, que se inicia bem perto de cada psicólogo, nos Regionais, Subsedes ou Seções, com os eventos preparatórios, pré-congressos e congressos regionais. Dessa forma, as discussões vão se acumulando e as(o) representantes – delegadas(o) – vão sendo eleitas(o) para levar adiante as posições debatidas.

2) Como faço a inscrição no VIII Congresso Nacional da Psicologia (VIII CNP)?

Como não se trata de um congresso científico-acadêmico, mas sim de um espaço de discussão e transformação do funcionamento e das ações dos Conselhos de Psicologia, a participação das(o) psicólogas(o) se dá de forma organizada e democrática. Não há inscrições para o CNP. As(o) participantes são delegadas(o) eleitas(o) nos Coreps (Congressos Regionais de Psicologia). Para saber como participar do Corep de sua região, procure o seu CRP.

3) Como faço para participar do VIII Congresso Nacional da Psicologia (VIII CNP)?

A(o) psicóloga(o) deve procurar o Conselho Regional de Psicologia da sua região para participar dos eventos preparatórios, pré-congressos e congressos regionais. A partir daí, os pré-congressos elegem suas delegadas(o) aos Congressos Regionais que, por sua vez, elegem as(o) delegadas(o) ao Congresso Nacional. Toda(o) psicóloga(o) inscrita(o) e adimplente pode ser delegada(o).

4) O que são eventos preparatórios? Como participar?

São eventos realizados em diversas localidades e têm a tarefa de suscitar debates e levantar questões para a formulação de propostas. A principal característica dos eventos preparatórios deve ser a ampla mobilização e participação da categoria, que fortalece o caráter democrático da diversidade de contribuições na construção do projeto da profissão. Para participar, consulte o calendário de atividades do seu CRP.

5) O que são atividades livres?

As Atividades Livres podem ser organizadas por quaisquer grupos de psicólogas(o), que poderão remeter propostas para os CRPs, a serem referendadas nos Coreps (Congressos Reginais de Psicologia). O objetivo de realização dessas atividades é estimular e admitir construções de propostas que não foram criadas em eventos organizados necessariamente pelos CRPs, tornando assim o processo mais democrático e acessível.

6) O que são pré-congressos? Como participar?

Os pré-congressos são instâncias que apreciam e aprovam as propostas do Regional. Ocorre apenas um por área geográfica. Nessa instância são eleitas(o) as(o) delegadas(o) para o Congresso Regional. Para saber como participar, consulte o seu CRP.

7) O que são Coreps? Como participar?

Os Coreps são compostos por delegadas(o) eleitas(o) nos pré-congressos. É realizado em cada Conselho Regional. Nos Coreps são apreciadas as propostas vindas dos pré-congressos e eleitas(o) as(o) delegadas(o) ao Congresso Nacional. De acordo com o Regimento Eleitoral, a data da inscrição das chapas que concorrerão ao CRP será até o último dia do COREP.

8) Quais são o tema e os eixos do VIII CNP? Para que servem?

É tema do VIII CNP: Psicologia, Ética e Cidadania: Práticas Profissionais a Serviço da Garantia de Direitos. São eixos do VII CNP: 1) Democratização do Sistema Conselhos e Ampliação das formas de interação com a categoria; 2) Contribuições éticas, políticas e técnicas nos processos de trabalho; 3) Ampliação da Participação da Psicologia e sociedade nas Políticas Públicas. O tema e os eixos servem como estimuladores para a reflexão que os participantes do processo do CNP devem ter para a proposição e aprovação de propostas.

9) O que são propostas? Como devem ser feitas?

Propostas são diretrizes gerais sobre um tema ou uma área da Psicologia que deverão nortear a atuação da próxima gestão dos Conselhos Regionais e Federal de Psicologia. As propostas devem ser orações únicas, sem encaminhamentos.

Cada Congresso Regional deverá aprovar até 10 (dez) propostas por eixo, totalizando o máximo de 30 propostas nacionais por Conselho Regional a serem encaminhadas ao CNP.

Os comentários estão desativados.